Notícias

Aqui você acompanha as últimas notícias do ramo farmacêutico.

17/01/2017

Novo medicamento para tratamento da obesidade no Brasil

O ano começa com uma boa notícia para quem luta contra a balança: a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou mais um medicamento para emagrecimento no Brasil. Trata-se da lorcaserina, usada como inibidora do apetite nos Estados Unidos desde 2013, mas que estava proibida no País até o final do ano passado.

Com a novidade, médicos e pacientes no País passam a ter uma arma a mais contra a obesidade, doença que atinge um em cada cinco brasileiros (20,8%), segundo dados de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A lorcaserina age estimulando a atuação da serotonina, neurotransmissor que auxilia na regulação do apetite e que está associado ao mecanismo de recompensa do cérebro. Com isso, diminui a sensação de fome e acelera o metabolismo, levando a uma ingestão menor de alimentos e a um aumento na queima de calorias.

O mecanismo de atuação da lorcaserina é similar a de outros inibidores de apetite. O diferencial da nova droga está na lista de efeitos colaterais, menor que a de outros similares.

“Outros remédios agem sobre os receptores da adrenalina no aparelho digestivo, no coração e no cérebro. Caso da sibutramina, que tira a fome, mas aumenta a frequência cardíaca. Já a lorcaserina só atua nos receptores do cérebro, e por isso tem menos efeitos colaterais. Entre os raros que há estão náuseas e dor de cabeça”, explica o endocrinologista e metabologista, Dr. Mario Quadros.

Fonte: Guia da Farmácia

Conheça nossos fornecedores