Notícias

Aqui você acompanha as últimas notícias do ramo farmacêutico.

24/08/2015

Quem tem os dois pais com hipertensão tem 60% de risco de ter a doença

Ingestão excessiva de sódio é um problema mundial.

Atualmente envolvido na preparação das diretrizes brasileira e latino-americana de controle da hipertensão arterial, o cardiologista, doutor em ciências da saúde, professor da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais e presidente eleito da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Dr. Marcus Malachias, está revendo estudos recentes sobre a doença. 

Entre os dados que vieram à tona agora, a equipe descobriu que a hipertensão não controlada pode reduzir em até 16 anos a expectativa de vida e é a maior causa de infarto do coração e derrame cerebral, as duas principais causas de morte no Brasil e no mundo. Do ponto de vista genético, quem tem o pai ou a mãe hipertensos tem 30% de risco de se tornar também. Quando a herança é bilateral, o risco sobe para até 60%.

 A ingestão excessiva de sódio é um problema mundial, causado pelo crescente consumo de alimentos prontos e semiprontos da vida moderna, muito ricos em sal e responsáveis por mais de 70% da quantidade diária ingerida. Quem consegue reduzir o consumo de sal pode necessitar de menos medicamentos para controlar a pressão arterial, mas, em geral, não é o suficiente, também são necessários medicamentos. 

Fonte: Guia da Farmácia

Conheça nossos fornecedores